Para algumas pessoas ambientes minimalistas são algo austero, sem alma e estereotipado, mas para outros esses espaços têm uma inegável poesia quando executados com perfeição.

Por isso, hoje vamos apresentar para vocês 10 ambientes minimalistas para que vocês possam se inspirar.

1 – 2 Verandas por Gus Wuestemann Architects, Erlenbach, Suíça

O interior desta casa apresenta superfícies planas moderadas feitas de pedra e concreto que complementam a beleza da paisagem circundante e do lago nas proximidades.

O uso da luz natural pelas grandes janelas das paredes e do teto aquecem o interior e ajudam a conectá-los ao ambiente externo.

2 – Moliner House por Alberto Campo Baeza , Zaragoza, Espanha

Construída para um poeta, esta casa na região de Aragão na Espanha é cheia de linhas limpas e nítidas e apresenta uma paleta de materiais estritamente brancos.

As únicas exceções a essa regra são as cadeiras, cujo as formas ousadas destacam-se contra o entorno.

3 – Haus Roy por arquitetos btob , Schaffhausen, Suíça

As janelas quadradas desta casa criam um diálogo vivo entre interior e o exterior, isso porque seu interior é tão sobressalente à construção que a materialidade da casa chama mais atenção.

As cortinas que cercam o vestíbulo de vidro curiosamente permitem que as pessoas de fora vejam interior, subvertendo nossas expectativas de como a privacidade geralmente funciona.

4 – Life House / Tŷ Bywyd por John Pawson , Llanbister, Reino Unido

Situado entre as colinas do País de Gales, esta casa tem como objetivo fornecer um retiro para contemplação e restauração para seus visitantes. Criado pelo arquiteto John Pawson em colaboração com o filósofo Alain de Botton, a casa carrega a influência do design japonês e da arquitetura dos monges beneditinos.

O interior inclui espaços individuais para reflexão e áreas comunitárias. O tijolo dinamarquês branco feito à mão, o piso de tijoleira polido e os tetos de madeira clara conferem ao interior uma atmosfera calma e simples.

5 – SUMIYOSHIDO pela id inc., Aichi, Japão

Tons verdes de hortelã e linhas limpas compõem este interior incomum. O espaço é um salão kampo para a medicina herbal tradicional.

Seu interior monocromático e calmo representa a singularidade do propósito do salão: a cura. Cada uma das muitas gavetas na parede é preenchida com várias ervas que o médico pode discutir e prescrever para os visitantes.

 

6 – Luker House por Jamie Fobert Architects, London, United Kingdom

Esta casa é discreta, por dentro e por fora. Neste caso, o uso de concreto no interior tanto no térreo quanto na escada foi inspirado na história industrial do local. O concreto tem uma aparência naturalmente pesada; seu uso para as escadas enriquece a ideia de “afundar” no térreo.

7 – Casa in Abiko por Fuse-Atelier, Abiko City, Japan

Projetado como um espaço semelhante a uma galeria para exibir a coleção de móveis dos moradores, esse interior escultural apresenta superfícies inclinadas de concreto.

A luz natural reflete e refrata de maneira surpreendente contra os ângulos incomuns das paredes. O nível mais baixo é alcançado por um conjunto de escadas distintivas, cujos degraus pretos parecem flutuar sozinhos.

8 – Hong Kong Art Storage por penda, Hong Kong

Embora ainda seja um projeto conceitual, o Hong Kong Art Storage da Penda é um espaço único e simples cujo interesse reside em sua flexibilidade e uso de materiais.

Na sua essência é parecida com uma caixa de armazenamento de arte em forma de mala, cujo tom vermelho é ativado pela luz natural circundante, e aquece o entorno de concreto bruto intocado.

9 – BHMM House por Estudio Ji, Altea, Spain

O interior do apartamento apresenta uma paleta de cores e materiais contidos. O arquiteto pretendia criar um espaço diáfano mas conversível e acabou desenvolvendo um sistema de painéis de madeira ocultos para modular a privacidade. Quando aberto, o apartamento se torna um espaço contínuo e fluido.

10 – Passivhaus Vogel por Diethelm & Spillmann Architects, Mostelburg, Switzerland

O interior discreto com painéis de madeira natural desta casa ecologicamente correta na Suíça oferece vistas arrojadas das montanhas ao redor e do Lago de Aegri.

A decoração minimalista faz com que detalhes como o chão de madeira e a cor quente das paredes se espalhem.

O que vocês acharam desses projetos minimalista? Deixe a resposta nos comentários.

Model Home

Não conhece o Model Home ainda? O Model Home é uma plataforma gratuita específica para os segmentos de arquitetura, engenharia, design de interiores e decoração, que tem como objetivo aproximar fornecedores e clientes. Através do Model Home, os profissionais podem expor gratuitamente seus trabalhos para milhares de pessoas que buscam por profissionais, inspiração e ideias para projetos de suas casas ou apartamentos. Cadastre-se já!