Viver em apartamentos minúsculos tornou-se comum hoje em dia. Com a expansão da urbanização, designers e arquitetos voltaram sua atenção para micro apartamentos, equilibrando o espaço com soluções criativas para armazenamento e versatilidade, esses pequenos espaços são feitos para utilizar cada centímetro do ambiente.

Pensando nisso hoje vamos apresentar a vocês 9 plantas de micro apartamentos onde os arquitetos souberam aproveitar cada milímetro.

1 – Este é um projeto de renovação de um antigo apartamento que mede 22 metros quadrados e tem 3,3 metros de altura.

Devido aos altos preços da habitação na cidade de Taipé, o espaço que os jovens podem pagar se tornou cada vez menor na última década.

Esse apartamento pode não ser espaçoso, mas cumpre todas as funções básicas da vida. O cliente concordou com a ideia de que o espaço é tão importante quanto a função quando se trata de um lugar onde as pessoas viverão por um longo tempo. Este minúsculo apartamento concentra-se na vida a longo prazo em torno de soluções inteligentes de armazenamento.

2 – Este pequeno apartamento de 35 metros quadrados foi projetado para um jovem casal. A principal tarefa era criar um espaço aberto, confortável, com área suficiente para armazenamento e com muita à luz natural. O apartamento foi projetado com um sistema de móveis que aproveitaria ao máximo o espaço existente.

Uma cortina separa o quarto, cozinha e sala de estar. As sala de estar e de jantar são bastante flexíveis, movendo o sofá e estendendo a mesa  na sala de jantar torna-se facilmente um espaço confortável para 10 pessoas.

3 – Este minúsculo loft da cidade de Amsterdã  foi reformado para se transformar em um moderno loft urbano. O Bureau Fraai, uma firma de design de Amsterdã, livrou-se de todas as portas, paredes e minúsculos cômodos ao redor do núcleo desse pequeno apartamento e projetou um móvel para ser usado como banheiro, armazenamento e cama, tudo dentro do volume de madeira, o espaço circundante pode ser usado livremente para criar outros ambientes, como sala estar, sala jantar e cozinha.

4 – Este é um pequeno apartamento de férias, um sótão acima do antigo porto de pescadores. O projeto foi feito para ter dois quartos, um estúdio, uma sala de estar, uma cozinha e um banheiro. Isso levou a um apartamento sob medida, onde cada cômodo é um móvel: depois de usá-lo, você pode fechá-lo. O design simples apresenta detalhes elegantes e uma variedade de soluções para armazenamento.

5 – A Carmel Place é a proposta vencedora do adAPT NYC, uma iniciativa lançada como parte do Plano de Novo Mercado de Habitação para acomodar a crescente população doméstica da cidade. O Carmel Place oferece 55 apartamentos de aluguel tipo loft, com área de 20 a 30 metros quadrados.

6 – Projetado como um minúsculo apartamento  de 29 metros quadrados em um edifício histórico em Wroclaw, Polônia, esse apartamento foi construído para maximizar o espaço e criar um quarto independente. A altura do teto não permitia que o projetista criasse dois níveis equivalentes, mas era possível construir um semi-mezanino. Acima do banheiro e do corredor há uma grande área para a cama e guarda-roupa. Além disso, para aumentar o espaço, a sala de estar, cozinha e área de jantar são combinados em um único ambiente.

7 – Este micro estúdio de trabalho está localizado no nono distrito de Budapeste. O antigo estúdio foi reinventado como um micro espaço de trabalho com um conjunto de móveis de madeira sob medida que emolduram e ancoram as principais funcionalidades do apartamento. Construído com um plano aberto, tetos altos e móveis personalizados, o plano permite que o espaço compacto abrigue uma cozinha totalmente funcional, um quarto em cima da cozinha, uma sede de promoção de eventos e um amplo espaço para festas.

8 – Este apartamento de 27 metros quadrados está localizado em Sydney. O projeto foi um exercício de design modesto, baixo custo e boa qualidade. O micro apartamento oferece uma proposta para uma vida urbana para uma pessoa, o grupo demográfico que mais cresce.

Com um orçamento de menos de US $ 40 mil e uma janela de quatro semanas para a construção, o cliente solicitou  móveis flexíveis para a vida diária. Para conservar o espaço, a luz e as perspectivas do horizonte da cidade, um móvel de madeira foi inserido para abordar questões de privacidade, armazenamento e falta de espaço inerente em um apartamentos desse tamanho. O móvel que pega toda  extensão da parede tem  portas deslizantes do chão ao teto e acomoda espaço para armazenamento, equipamento, banheiro e espaço para dormir.

9 – Com 20 metros quadrados, esse abrigo urbano é um espaço fechado onde uma única pessoa pode viver e trabalhar. O apartamento, mesmo com seu tamanho pequeno, oferece generosos espaços para armazenamento e diferentes usos funcionais. O foco está em um estilo de vida simples.

De qual apartamento vocês mais gostaram. Deixem a resposta nos comentários!

Model Home

Não conhece o Model Home ainda? O Model Home é uma plataforma gratuita específica para os segmentos de arquitetura, engenharia, design de interiores e decoração, que tem como objetivo aproximar fornecedores e clientes. Através do Model Home, os profissionais podem expor gratuitamente seus trabalhos para milhares de pessoas que buscam por profissionais, inspiração e ideias para projetos de suas casas ou apartamentos. Cadastre-se já!