Grande parte dos profissionais da área de design optam por um notebook como sua principal ferramenta de trabalho devido a sua portabilidade. Estes profissionais precisam de uma máquina com um grande poder de processamento gráfico, o que é um pouco difícil de se encontrar em um notebook. Para melhorar esta deficiência, alguns designers têm optado por adaptar uma placa de vídeo “offboard” (externa) no notebook, com o intuito de melhorar o seu desempenho, principalmente na parte de renderização de imagens.

Mas é realmente possível melhorar o processamento gráfico do Notebook?

Não é um procedimento simples ou fácil de se fazer, por isso é necessário avaliar bem a situação e verificar se realmente vale a pena.

Para fazer essa adaptação existem algumas restrições: adaptadores próprios, conhecimento um pouco mais aprofundado de hardware e alguns componentes que não são encontrados tão facilmente no Brasil.

As únicas portas viáveis para conectar uma placa offboard são ExpressCard, mPCIe e Thunderbolt. Caso seu notebook não possua nenhuma dessas placas, não será possível essa adaptação, uma vez que conexões via USB 2.0, 3.0 e FireWire, por exemplo, não possuem largura de banda necessária para que a placa de vídeo offboard troque dados com o computador.

Portanto, antes de mais nada, é necessário verificar se o notebook que será adaptado com a placa de vídeo offboard, possui uma dessas portas específicas.

Também é necessário considerar, que essas portas não foram desenvolvidas para esse tipo de uso e acabam tendo sua performance comprometida na troca de dados com o computador. Ou seja, mesmo que tudo dê certo na instalação, a placa de vídeo pode não funcionar 100% como em um computador desktop.

Algumas marcas já estão criando adaptadores completos, com uma estrutura própria para ficar fora do notebook, sem que a placa fique totalmente exposta. O único porém é que adaptam-se melhores a notebooks específicos para gamers e ainda estão com o valor um pouco alto, em torno de R$ 400,00.

Se você quer mesmo investir em uma placa de vídeo externa, não desanime, grandes marcas já estão lançando versões de portas  com largura de banda muito superior, o que teoricamente resolve um dos problemas de desempenho das placas de vídeo offboard.

Outra possibilidade serão as novas interfaces PCI-E, previstas para começarem a chegar ao mercado no fim de 2016. A largura de banda será aumentada significativamente e como há o formato compacto da interface, usado para conectar drives SSDs em notebooks, há possibilidades de usar essa porta como ponte entre uma placa de vídeo offboard e o notebook.

O importante é estar ciente de todos os prós e contras e avaliar se para você, realmente vale a pena essa adaptação.

Fonte: techtudo

Model Home

Não conhece o Model Home ainda? O Model Home é uma plataforma gratuita específica para os segmentos de arquitetura, engenharia, design de interiores e decoração, que tem como objetivo aproximar fornecedores e clientes. Através do Model Home, os profissionais podem expor gratuitamente seus trabalhos para milhares de pessoas que buscam por profissionais, inspiração e ideias para projetos de suas casas ou apartamentos.Cadastre-se já!

Fonte Imagem de Capa: Pexels